Reformador, o ano de 2018 já está terminando e manter uma empresa competitiva é uma tarefa que exige planejamento e boas estratégias. Depois de um ano turbulento, de decisões políticas e mudanças na economia, estar atento às tendências de mercado é essencial para o crescimento do seu negócio.

A expectativa do mercado para o ano de 2019 é que a tecnologia continue no topo da lista  como o caminho mais seguro para empresas que desejam ter atuações modernas e eficientes.

Neste artigo, selecionamos algumas das principais tendências tecnológicas para o mundo das reformadoras de pneus, para que você fique por dentro de todas as novidades de mercado e possa atender melhor o seu cliente e otimizar o seu serviço.

 

Tecnologia em nuvem

Em 2019, a tendência é que as reformadoras continuem colocando suas operações para rodar em nuvem, anulando cada vez mais os altos investimentos em infraestruturas físicas. Desde o início deste ano, a quantidade de ferramentas e tecnologias que estão sendo desenvolvidas para viabilizar o uso de aplicações em nuvem vem aumentando, e a tendência é continuar.

A possibilidade de acessar arquivos e serviços sem a necessidade de armazenamento de dados em um local físico, vem se tornando cada vez mais popular até para os usuários comuns da internet.

Uma solução importante para as reformadoras é que, a tecnologia em nuvem funciona totalmente online e permite o uso de ferramentas para controlar processos administrativos de qualquer lugar, desde que o usuário esteja conectado à internet.

 

Realidade Virtual

Este, com certeza, é um dos assuntos mais comentados nos últimos anos. Outra tendência para o próximo ano é uma entrada mais intensa da área de realidade virtual no dia a dia também das pequenas empresas. Através desta tecnologia, as organizações conseguem transformar a experiência do usuário, interagindo diretamente com o cliente, mesmo que em ambientes diferentes, por meio de acessórios de realidade virtual.

A realidade virtual pode ter diferentes utilidades para o mundo das reformadoras, desde seu uso em simulações de serviços e funcionamentos a compartilhamento de dados sobre cada pneu reformado. De forma geral, o uso desta tecnologia é um diferencial para o mercado.

 

Economia da Experiência

Mesmo tendo sido criado há quase 20 anos, o conceito da Economia da Experiência chama ainda mais a atenção nos dias atuais. Em 1999, pesquisadores e especialistas de mercado chegaram a conclusão de que as empresas deveriam priorizar a promoção e venda de experiências únicas, ou seja, experiências marcantes e emoções memoráveis para os consumidores, para transformar a proposta de valor da sua marca e capturar o seu público-alvo.

Na prática, o segredo da economia da experiência está na autenticidade. A Disney, por exemplo, em vez de vender apenas um serviço – um passeio no parque de diversões – a empresa busca oferecer um atendimento impecável, de forma que cada visitante seja tratado como um convidado especial. Para isso, a organização utiliza recursos como temas, adereços e fantasias para deixar os visitantes imersos em sua marca.

E a sua reformadora, como e quanto se preocupa com um atendimento de excelência?

 

Softwares e sistemas corporativos

Por último, a utilização de um ERP segmentado , que já vinha com muita força em anos anteriores, deve se estabelecer ainda mais com o fortalecimento de diferentes nichos do mercado em 2019.

Como mencionamos anteriormente, com o crescente aumento na busca por tecnologias em nuvem, softwares que oferecem recursos administrativos sem depender de instalações físicas, com segurança de dados, servidores e atualizações disponíveis de forma regular, estão ganhando cada vez mais espaço no dia a dia de gestores que buscam otimizar processos e alcançar maiores resultados.

 

Ainda existem diversas possibilidades como tendência para o setor, como a automação de processos, aplicativos para dispositivos móveis, além do desenvolvimento de novos modelos de negócios.

Está curioso para saber mais sobre as principais tendências do mercado? Visite agora mesmo um dos blogs mais relevantes para o segmento e se torne um especialista no assunto.