Se você está pensando em abrir um negócio, uma boa opção pode ser uma recapadora de pneus. Esse tipo de negócio é altamente lucrativo, mesmo nos momentos de instabilidade econômica.

Além disso, hoje em dia as pessoas estão mais preocupadas com conceitos como sustentabilidade e redução de dejetos e poluentes. Os pneus, grandes vilões do meio-ambiente, por demorarem muitos anos para se decompor, ao serem reformados deixam de ir para o lixo e podem ser utilizados por mais um bom tempo.

Tem interesse em abrir uma empresa de reforma de pneus, mas não sabe como começar? Descubra o que é necessário para entrar nesse mercado!

Legislação específica para recapadora

Para abrir uma recapadora é preciso estar atento à documentação e a autorizações. Além dos procedimentos padrão para abrir qualquer empresa, como registro na Junta Comercial e aquisição do Alvará de funcionamento, há ainda algumas especificidades que devem ser levadas em conta na hora de abrir uma empresa de reforma de pneus.

Caso o dono da empresa não tenha conhecimento técnico na área é preciso que pelo menos um funcionário seja certificado. A portaria 144 do Inmetro prevê prazos e obrigações a serem obedecidas por prestadoras desse serviço. A ABNT apresenta normas a serem seguidas, como quais as condições em que o pneu precisa estar para passar por esse procedimento.

Espaço e localização

Uma recapadora deve ter, no mínimo, espaço suficiente para abrigar a oficina, com todo o maquinário e espaço para estoque e o escritório com computadores, telefones, caixa e todo o material de gestão e de administração da empresa. É possível começar com algo em torno de 100 m², mas seria interessante que, se este for o caso, seja possível expandir o espaço à medida que o negócio for crescendo.

Além disso, uma boa localização é fundamental para o sucesso desse empreendimento. Estando em um espaço bem localizado, é possível diminuir gastos com transporte de materiais e maquinário. Em paralelo, quanto mais fácil para os clientes chegarem e mais visível for o local, maiores as chances de êxito.

Organização financeira

Ter controle preciso do fluxo de caixa, das despesas com manutenção e funcionários é fundamental para quem deseja montar uma recapadora bem-sucedida. A reforma de pneus é um negócio que demanda muitos gastos iniciais e também de manutenção, mas se bem gerido, traz um bom retorno financeiro. Procure um profissional de confiança na área da contabilidade.

Uma ferramenta que também pode ajudar muito são os softwares de gestão. Saber a hora certa de investir em equipamento, de expandir ou de poupar para uma despesa inevitável que se aproxima é fundamental para quem deseja atuar nesse ramo.

O mercado de reforma de pneus está em franca expansão. Mesmo em períodos em que a economia está mais instável ele continua sendo um bom negócio, já que pneus reformados custam 40% menos do que os novos, em média.

Além disso, há uma busca crescente na sociedade moderna pela redução da produção de dejetos, como forma de proteger o meio-ambiente. A recapadora é um negócio que está alinhado à essa busca, pois pneus que seriam descartados ainda são reformados e podem ser utilizados novamente.

Gostou das nossas dicas? Não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários!